7 NOVOS HORMÔNIOS QUE ACELERAM O EMAGRECIMENTO

0
166

Nos últimos 15 anos a ciência descobriu 7 novos hormônios que aceleram o emagrecimento, a ativação destes hormônios através de exercícios orientados faz com que os resultados de emagrecimento sejam maiores e sustentáveis. No entanto não é qualquer treino de alta intensidade que é capaz de ativar esses hormônios! Esses hormônios tem ação direta no tecido adiposo (gordura) e nas mitocôndrias ( parte celular da célula de gordura) aumentando a eficiência de gasto calórico da gordura. Tá Jozias, mas quais são esses hormônios? Vamos lá!
SPEXINA: É produzida da célula adiposa, é reduzida em obesos e se diminuída por processos inflamatórios pode Aumenta risco de resistência insulina. O exercício regular e orientado aumenta a expressão do hormônio
O que diminui esse hormônio no corpo é má alimentação, sedentários;MOTS-c:
-Produzida pela Mitocôndria das células adiposas e muscular, função regular o metabolismo de carboidrato e gordura;
-Aumenta expressão da enzima CPT-1 maior oxidação de gordura no tecido adiposo;
-Aumenta taxa de lipolise de gordura, aumenta oxidação de gordura e diminuiu o tamanho das células de gordura;
-Aumenta a expressão de genes termogênicoAPELINA:
( Hormônio produzido no estômago, cérebro, músculo e SNC)
-Diminuiu a Adipogenese
-Age no tecido adiposo branco e marrom
-Aumenta captação de glicose
-Diminui o tamanho da células de gordura
-Auxilia na regulação da Pressão Arterial, capilarização sanguínea APELINA é elevada na presença de Obesidade e Diabetes tipo 2

Kisspeptina

-Aumenta taxa de lipolise
-Aumenta taxa de
-É um hormônio protéico expressa no estômago, cérebro, pâncreas e adipócito
-Aumenta a produção de hormônios gonadotróficos
-Age no tecido adiposo e nos tecidos periféricos
-Aumenta a resposta do metabolismo de gordura
-Aumenta à resposta termogênica
-Aumento de UCP1 em mulheres

IRISINA

-Produzida na célula de gordura branca e no músculo esquelético
-Quando vai pra corrente sanguínea ela atua na própria célula de gordura, no pâncreas, nos ossos no cérebro e no fígado.

ADROPINA

-Descoberto em 2008
-É produzida no fígado
-Relação inversa com IMC

  • Obesos tem menor nível de Adropina
    -Nível elevado aumenta sensibilidade à insulina e diminui lipogenese
    -Nível baixo diminui a sensibilidade da insulina e aumenta a lipogenese

NEUROPEPTIDIO B

-É um hormônio protéico produzido no SNC Hipotálamo
-Também produzido no intestino, coração, supra-renais, adipócitos e pâncreas
-Está relacionado ao controle do apetite, da inflamação e dor
-Excesso de peso diminui a ação desse hormônio
-Peso controlado aumenta a ação desse hormônio-Aumento da lipolise
-Aumento da expressão e secreção de leptina.

É galera não é só sair treinando e pensando em fazer dietas. EMAGRECER envolve uma análise multifatorial e multiprofissional. Emagrecimento bom e duradouro leva tempo e não 21 dias ou 3 meses. Prestem atenção nesta dica. Se for ao seu endocrinologista leve essas nomes de hormônios e pergunte como você pode fazer para saber como eles estão em seu corpo. Espero que tenha gostado da coluna de hoje. Forte abraço e me siga nas redes sociais para mais dicas.