Em Palmas, somos miseráveis ou merecedores?

0
36

Na minha concepção, miserável não é ter falta de condições e necessidade de ajuda. Miserável é quem tem pobreza de espírito. É quando a pessoa se tranca em um mundo obscuro e não permite a entrada de luz.
Resta os merecedores: aqueles a quem a vida ainda não lhes deu uma chance, mas se alguém lhes estender a mão, lhes der ouvidos, vão conseguir sair de sua estagnação temporária, como que içados do fundo de onde pensam estar.
É a estes, aos merecedores (e merecedoras), que dedico meu tempo desde que voltei para Palmas – dia a dia e não de quatro em quatro anos.
Mas só tem um jeito de conseguirmos muito mais do que ter um amigo que pega um celular e muda realidades: é confiarmos que podemos construir… E construir significa participar de um verdadeiro projeto de mandato legislativo. Convido você, merecedor da realização deste sonho a fechar comigo e com os pré candidatos do partido que nos acolheu, porque juntos, nós Podemos! Siga nossas redes.

@joaopimentajornalista

Atenção: esta coluna é escrita e editada pelo jornalista Rodrigo Kohl Ribeiro MTB: 18.933, de sua inteira e irrestrita responsabilidade. Qualquer sugestão ou crítica, pode ser enviada para o e-mail joaopimentadepalmas@gmail.com ou pelo WhatsApp 46 98820-4604.