CACHORROS DE RUA É UMA PREOCUPAÇÃO PARA A POPULAÇÃO PALMENSE?

0
310

A população palmense vem se preocupando com essa situação que se alastra há muito tempo, de um lado o acolhimento da população de ver aquele cachorrinho abandonado na rua no qual muitos empresários acolhem o animalzinho dando carinho e comida amenizando o sofrimento dos bichinhos, mas porém, do outro lado pessoas que vem sendo prejudicadas, mas que aplaudem esse gesto de solidariedade.

Segundo eles (pedestres, ciclistas e motociclistas) dizem que vem sendo atacado pelos cachorros de rua, ai vêm o questionamento de uma parte da sociedade, casos estes de alguns que relatam de serem atacados pelos cachorros e não sabe hoje a quem recorrer, e quem é o responsável? Quem poderá solucionar essa problemática? O que o administrador público tem haver com isso? E outros vários questionamentos que pairam no ar, e até o momento nada esclarecido.


” Estava passeando com minha filha e próximo a um colégio fomos atacados por vários cachorros, enfrentei os cachorros furiosos mesmo assustado, mas minha filha se apavorou no momento, hoje faço aquele apelo para o setor responsável para que tentem achar alguma forma para solução do problema e que outros não venham passar por está situação que por sorte nada de grave aconteceu conosco, mas poderia ter acontecido”.
Outro caso é de uma filha de um empresário que postou em rede social no qual a vitima foi o seu pai, e que ele foi atacado pelos cachorros de rua e infelizmente levou uma mordida na perna.

“Olhem gente, que situação estamos chegando! Meu pai foi andar de bicicleta no final da tarde, essa é uma rotina que ele sempre faz diariamente, mas agora está difícil, está ficando perigoso com esses cachorros de rua, meu pai foi atacado e levou uma mordida na perna e quem é o responsável nesse caso? Nós gostamos dos bichinhos, mas é muito cachorro na rua e nenhum setor responsável para amenizar esse caso! Não temos o direito de ir e vir e não pode continuar dessa forma, isso é um absurdo! E as autoridades competentes o que vão fazer em relação a essa situação? Esperamos que esse lastimável problema que infelizmente a vitima foi meu pai, seja visto pelos órgãos competentes como um caso emergencial e que achem uma solução rápida, assim toda sociedade agradece”.

Motociclista relatando ao meio de comunicação impressa:

“Parei com a moto no semáforo no perímetro central da nossa cidade, e quando abriu o sinal e no mesmo momento que acelerei a moto fui atacado por alguns cachorros grandes que estavam próximo de um senhor de idade, enfim, os cachorros quase que me derrubaram da moto, confesso que me apurei com a situação! Aquele cachorro preto me mordeu no pé que por sorte ficou só o sinal dos dentes do bicho, pois o sapato era de couro bom! Já fui atacado outras vezes, algumas vezes no bairro Santuário, mas nesse mesmo caso já fui atacado varias vezes por esses cães desse senhor. Espero que depois desse depoimento as autoridades competentes e os nossos nobres vereadores comentem esse caso na sessão e leve ao executivo municipal uma solução, ou uma forma de diminuir essa problemática”.

Por: Jocemar Ferreira da Silva