Fórum Regional da Fiep abre debates sobre demandas da indústria do Sudoeste

0
19

Realizado nesta sexta (22), em Francisco Beltrão, evento apontou que empregabilidade, infraestrutura e energia estão entre prioridades para a região

O incentivo à industrialização do Sudoeste do Estado foi tema do evento de lançamento dos Fóruns Permanentes Regionais da Indústria, promovido pela Federação das Indústrias do Paraná (Fiep), nesta sexta-feira (22), em Francisco Beltrão. Entre as áreas consideradas prioritárias para o desenvolvimento industrial da região, os participantes apontaram a empregabilidade, a infraestrutura e o fornecimento e geração de energia. Nos próximos meses, a discussão sobre esses e outros tópicos serão aprofundados para que, ao final do processo, as contribuições regionais integrem uma proposta de política industrial para o Paraná.

O encontro, realizado no auditório da Associação dos Municípios do Sudoeste do Paraná (Amsop), reuniu cerca de 200 participantes, incluindo empresários da indústria, lideranças de entidades do setor produtivo, prefeitos, deputados, representantes de agências regionais de desenvolvimento e de órgãos públicos.

“Hoje nós iniciamos uma interação com os industriais da região”, explicou o presidente da Fiep, Edson Vasconcelos. “Já houve uma priorização mostrando quais são os seus reais problemas, a partir de agora vamos fomentar oficinas, que serão permanentes, assunto por assunto, município por município, para aprofundar o debate sobre cada um deles”, completou. Além dos temas prioritários para o desenvolvimento regional como um todo, também foram levantados assuntos relevantes que devem ser tratados em nível municipal para alavancar a presença de indústrias. Entre eles, os principais foram incentivos fiscais, planos diretores e criação de parques industriais.

Vasconcelos destacou, ainda, a formação do Conselho Regional do Sudoeste. Composto por empresários de diferentes municípios, o Conselho tem o objetivo de aumentar a representatividade da Fiep em todo o Paraná. Durante o evento em Beltrão, foram nomeados oficialmente os conselheiros da região. O grupo será coordenado pelo industrial Edgar Behne e terá os seguintes integrantes: Rafael Liston, Olcimar Tramontini, Orlei Roncaglio, Luiz Krindges, Roni Junior Marini, Rozani Terezinha Casanova Fritzen, Valter Luiz Trojan, Berenice Fátima Minetto Matsuguma, Luiz Carlos Bonotto, Eder Quinto Salvatori Desconsi, Leocir Marafon, Cláudio Leitrelle, Giovani Alberto Colognese e Jair José Comiran.

“Os Fóruns e os Conselhos são uma grande iniciativa da Fiep”, declarou Behne. “Isso vai dar uma capilaridade muito grande à Fiep e vai fazer com que a participação dos nossos industriais aumente. Isso vai ser importante para que juntemos as nossas forças para que os problemas que temos em comum, que não são poucos, sejam resolvidos ou minimizados”.

Parcerias e presenças

Na região Sudoeste, o evento conta com os apoios do Sebrae/PR, Agência de Desenvolvimento Regional do Sudoeste do Paraná, Associação dos Municípios do Sudoeste do Paraná (AMSOP), Federação das Associações Comerciais e Empresariais do Paraná (Faciap), Coordenadoria das Associações Comerciais e Empresariais do Sudoeste do Paraná (Cacispar), Instituto Regional de Desenvolvimento Econômico e Social (Irdes) e governo do Estado, por meio das secretarias da Indústria, Comércio e Serviços, do Planejamento e do Trabalho, Qualificação e Renda.

O evento desta sexta contou com as presenças, entre outras autoridades, do secretário estadual da Indústria, Comércio e Serviços, Ricardo Barros, do prefeito de Francisco Beltrão, Cleber Fontana, do prefeito de Pranchita e presidente da Amsop, Eloir Lange, do diretor-superintendente do Sebrae/PR, Vitor Tioqueta, do presidente da Cacispar, Edilberto Minsk, e dos deputados estaduais Adão Litro, Luis Corti e Wilmar Reichembach.

“O Sebrae/PR é parceiro desse projeto porque entende que, a partir do momento em que você consegue organizar a sociedade nas suas regiões, você consegue ter um resultado muito maior no atendimento empresarial”, disse Tioqueta. “Assim, consegue ter uma competitividade maior das empresas e as regiões mais desenvolvidas. Então, é uma ideia muito boa, que vem ao encontro da necessidade das empresas e das comunidades do Paraná”, acrescentou.

Para Eloir Lange, a inciativa da Fiep está alinhada com as prioridades dos prefeitos da região. “Nós temos, na Carta do Sudoeste da Amsop, um dos tópicos que trata sobre o desenvolvimento da indústria aqui na nossa região. E todos os municípios estão percebendo que nós temos um potencial muito forte para atrair indústrias. Por exemplo, no meu município, Pranchita, nós temos 18 empresas que fabricam pulverizadores, vendem para todo o Brasil, Paraguai e Uruguai, e geram em torno de 400 empregos”, exemplificou.

Além de Francisco Beltrão, Cascavel já recebeu o lançamento dos Fóruns Permanentes Regionais da Indústria, reunindo lideranças da região Oeste. Em 5 de abril, o evento ocorre em Maringá, no Noroeste. Em datas ainda a serem confirmadas, nos meses de abril e maio, as reuniões acontecem nas regiões Norte, dos Campos Gerais e na Região Metropolitana de Curitiba e Litoral.

Fonte: https://agenciafiep.com.br/