Governo domingosoarense desenvolve projeto de incentivo à produção de morangos

0
22
     O Departamento Municipal de Agricultura está desenvolvendo um projeto experimental de cultivo de morangos em estufa, no viveiro municipal, ao lado da sede do setor.

De acordo com o diretor da pasta, Rodrigo Müller Gheno, se trata de uma nova cultura que poderá ser desenvolvida no município. “É uma nova cultura que nós podemos implantar e geral renda, uma nova opção de mercado; um produto que não encontramos nos mercados locais e que pode se utilizado para bolos, sorvetes, polpas, e que é de venda fácil e tem um valor bem agregado”, explicou.
Os produtores que têm interesse na atividade podem ir até o departamento para conhecer as técnicas de produção e conversar com os técnicos, que darão todo o suporte antes, durante e depois.
A produção de morango em estufas agrícolas oferece inúmeros benefícios, como:
1- Alimento limpo: o sistema de cultivo facilita a adoção de princípios de segurança dos alimentos;
2- Menos agrotóxicos: a estufa reduz o risco de pragas e doenças do cultivo, assim, o uso de agrotóxico pode ser reduzido ou até mesmo dispensado;
3- Sem rotação de culturas: diferente do cultivo tradicional, com uso do solo, no cultivo em sistemas protegidos não há necessidade dessa prática, otimizando o uso da área para cultivo de morangos;
4- Maior ergonomia de trabalho: o cultivo longe do solo, em bancadas, proporciona facilidade no manejo e na colheita dos frutos, uma vez que os funcionários não precisam trabalhar agachados;
5- Efeito guarda-chuva: chuvas, ventos e granizos são vilões dos cultivos, podendo danificar os morangueiros e reduzir seu crescimento. A estufa protege os morangos, anulando as perdas por esses agentes;
6- Microclima adequado: estufas agrícolas proporcionam um microclima que pode ser ajustado para se tornar o mais próximo do ideal para o cultivo de morangos. Por exemplo, a ventilação pode ser totalmente quebrada pela estufa, pois irá acarretar em problemas fitossanitários;
7- Mais qualidade: morangos maiores e de melhor qualidade são obtidos em sistemas protegidos, aumentando o tempo de prateleira do produto;
8- Rápido retorno de investimento: o retorno do investimento é rápido, com boa rentabilidade quando o sistema é manejado corretamente;
9- Fornecimento do produto o ano todo: os melhores meses para colheita do morango são de agosto a dezembro. No entanto, com cultivo protegido é possível estender esse período;
10- Melhor uso da área: o cultivo de morango em estufa pode ser de modo verticalou horizontal. Em especial no modo vertical é possível inserir duas ou três vezes mais plantas.

Fonte: comunicacao@pmcds.pr.gov.br