João Pimenta

0
125

As promessas ilusórias do prefeito de Palmas

Que o prefeito de nossa amada cidade fez promessas ilusórias, não tem como negar, mas esse ano ele superou-se. A maioria já esqueceu do famoso panfleto na campanha de 2016. Prometia em letras graúdas resolver os alagamentos em Palmas. Outra promessa fictícia atingiu em cheio aos protetores de animais de rua na cidade. Afinal confiaram no conto do castra móvel, que viria acompanhado de veterinários e toda uma estrutura. Até veio, mas funciona? Por falar em causa animal, e o termo de ajuste de conduta assinado entre prefeitura e Ministério Público? Incluía uma clínica animal e tudo o que tinha direito. Uma clínica animal, não uma casa de luxo. Mas ele tentou dar a volta no povo e os vereadores quase autorizaram a compra de uma casa milionária. Não fosse os protestos do povo, a dívida de quase 30 Mi estaria muito maior. A Saúde humana não tem uma casa dessas para seus cuidados, seria justo para os animais? Se dissesse que faria a UPA neste local, uma UBS já serviria para a Casa Animal. Colocasse a clínica animal na UBS Lagoão e esta na UPA, teria uma solução aceitável. E agora teve que ir sua própria equipe na Câmara para desiludir o povo do bairro São José, quanto à prometida “Operação Páscoa” que garantia solucionar os alagamentos naquele bairro ainda no período da Quaresma. Há boatos de que o prefeito tenha saído de férias, o vice estaria de atestado e o presidente da Câmara estaria assumindo o Executivo. Se são só boatos, ainda não chegou até mim essa informação oficial. Mas se for verdade, talvez o vereador ambicioso seja aquele a quem o prefeito não tenha iludido. Talvez o fato de ele, supostamente, finalmente realizar o sonho de ser prefeito, nem que seja por alguns dias, seja uma das poucas promessas cumpridas pelo prefeito de Palmas. O jeito é aguardar as cenas dos próximos capítulos.

Atenção: esta coluna é escrita e editada pelo jornalista Rodrigo Kohl Ribeiro MTB: 18.933, de sua inteira e irrestrita responsabilidade. Qualquer sugestão ou crítica, pode ser enviada para o e-mail joaopimentadepalmas@gmail.com ou pelo WhatsApp 46 98820-4604.