João Pimenta

0
127

2024: ano eleitoral e movimentações calmas

O ano começou mas nem parece que teremos eleições em breve. Talvez porque a turma deva estar toda nas praias. Ou com o pleito garantido. Das duas uma, porque não se escuta falar nada além do que já foi dito ano passado. Confirmado como futuro candidato a prefeito está Daniel Langaro. Conversas de bastidores trazem a certeza de que ele vem e vem forte, reunindo um grande grupo político e social. Tendo sido o segundo lugar nas eleições anteriores, perdendo por um percentual ínfimo, não tem mais em seu sapato a pedra “Kosmos”, o qual foi à rádio dizer que Bruno Goldoni é o candidato virtual da atual gestão. Mas como, se Marquinhos foi à rádio, depois dele, para dizer que Lagarto é o candidato de Kosmos? O angu fica engrossado quando Zico do Mercadão, que teve o irmão Dr. Ulisses atuando por pouco tempo como cargo em confiança de Kosmos e agora está dizendo que está com tudo pronto para alavancar sua pré campanha ao cargo principal. Ainda tem o Dr. Eduardo Tobera, que foi lançado pelo deputado Luiz Fernando Guerra, com a presença do Senador Sérgio Moro, como futuro candidato a prefeito. E Peterson Lobas, que ainda está no Podemos, mas não confirmou nem desconfirmou sua intenção em disputar a cabeça de chapa. Também tem o Izaías Mikilita, que não se manifestou a respeito e nem a quem irá eventualmente apoiar. Diga-se de passagem que seu apoio é precioso, dados os números das últimas eleições. Mesmo que remotamente, cogita-se que Kosmos é capaz de lançar sua esposa, Josiane Nicolaou, ou até mesmo seu sobrinho, Felipe Zanoello, esse tabuleiro está mesmo é embaralhado, sendo que a única certeza mesmo é sobre o nome de Langaro.
E Tertuliano Andrade? Vai descansar ou vem novamente, dessa vez com a bandeira vermelha fortalecida? Já se dizia que muita água se passaria por baixo dessa ponte, mas se considerarmos os prazos para filiações e mesmo os prazos para convenções, pode-se dizer que já não tem tanta água. O que antes parecia o Rio Iguaçu, depois Chopim, agora está mais para Rio Lajeado. Meu medo é que a analogia seja em todos os sentidos.

Atenção: esta coluna é escrita e editada pelo jornalista Rodrigo Kohl Ribeiro MTB: 18.933, de sua inteira e irrestrita responsabilidade. Qualquer sugestão ou crítica, pode ser enviada para o e-mail joaopimentadepalmas@gmail.com ou pelo WhatsApp 46 98820-4604.