João Pimenta

0
55

Articulações políticas em Palmas

A vida no Brasil só começa depois do Carnaval, assim dizem. A exemplo das articulações políticas em Palmas, pode ser isso mesmo. Por mais que os partidos estejam se movimentando em busca de montar sua chapa de vereadores, do ano passado para esse ano não tivemos novidades nas formações de chapas majoritárias.
Quer dizer, com a pré candidatura de Daniel Langaro praticamente confirmada (ele mesmo não deu declaração pública), surgiu também a pré candidatura de Edson Kemes, o Lagarto (quem também ainda não fez declaração pública). E tem também os nomes anunciados de alguma forma: Dr. Eduardo Tobera Filho e Zico do Mercadão. O PT, (que por várias eleições vem lançando seu presidente municipal Tertuliano Andrade) também até agora não se manifestou. Ainda mais sabendo que há grupos importantes, cujas lideranças não demonstraram alguma opção pessoal por algum dos nomes citados. Estamos falando de Acioli Ribas, Cesar Baitaka, Hilário Andraschko, Izaias Mikilita, João Bucha, Preto da Alcast e Vilmar do Posto, por exemplo, entre outros.
Dos quatro nomes citados, ainda há dúvidas sobre como será desenhado esse cenário. Se Tobera não concorrer (soa um eco pelos corredores da cidade de que não concorra), para que lado ele vai? Além disso, é certo que teremos Daniel Langaro, Lagarto e Zico? Quem disse? Acontece que em janeiro tomou corpo uma teoria nova: e se Lagarto, em vez de concorrer a prefeito, concorrer a vice, quem será seu prefeito? Quem seria o melhor nome para encabeçar uma chapa que tivesse Lagarto como vice? Um dos outros dois? Surgiria um novo nome? Nos grupos as conversas e suposições dão asas à imaginação de quem vive a política em seu cotidiano, mas o que pode ser menos distante é que uma chapa capaz de transformar a vida de todos os palmenses pode surgir com o apoio de uma ampla maioria composta pela classe política e pela nossa gente.

Atenção: esta coluna é escrita e editada pelo jornalista Rodrigo Kohl Ribeiro MTB: 18.933, de sua inteira e irrestrita responsabilidade. Qualquer sugestão ou crítica, pode ser enviada para o e-mail joaopimentadepalmas@gmail.com ou pelo WhatsApp 46 98820-4604.