Marini Compensados Duas Décadas: A História contada pelos seus autores

0
126

Edilberto Andrade dos Santos é colaborador da Marini Compensados e na entrevista para o jornal Destaque Regional. Ele conta sua história e suas conquistas dentro da empresa.
Edilberto tem 33 anos e trabalha na indústria há cinco. Hoje faz parte da produção do setor da colagem, trabalhando diretamente na gramatura e comenta ele que tem uma amizade muito boa com seus colegas e sempre alguns deles pedem auxilio, Diz ele, que está sempre preparado pra tentar ajudar da melhor forma possível, talvez foi por isso que foi o segundo mais votado na Comissão Interna dos colaboradores. Segundo ele, quando o assunto é dentro da empresa, escuta o colaborador e repassa para a direção ver quais os procedimentos serão tomados dali em diante, mas sempre buscando um direcionamento melhor pra aquele colaborador.
Edilberto começou nas prensas e ficou quase um, quando teve a oportunidade de mudar de setor e hoje é inspetor de qualidade, onde faz a gramatura na colagem. Segundo ele, esse conhecimento agregou dentro da empresa. Comenta ele que leva esse conhecimento para outras pessoas, principalmente colaboradores novos, que têm curiosidade ou até mesmo a intenção de aprender, “pois eu também não tinha conhecimento” comenta Edilberto.
Quando é perguntado sobre o que mais lhe marcou dentro da empresa, Edilberto responde:

  • Aqui somos tratados como uma família: vejo que eles sempre estão dando suporte, o que o colaborador precisa, vários casos verídicos já relatei aqui dentro e quando precisei não foi diferente, precisei um tempo atrás pra ajudar minha família, conversei com a direção e eles me forneceram o que precisava. Também conversei com eles fora de época quando precisei de remédios e eles me atenderam, não me deixaram na mão, isso é o que mais incentiva a vir trabalhar e saber que estou sendo valorizado, então tento dar o meu melhor aqui dentro, pois somos tratados como uma família. Me sinto super bem em fazer parte dessa indústria. A empresa está sempre acompanhando a evolução e quem está fazendo parte dela aqui dentro percebe que tá ficando mais fácil e menos cansativo no dia a dia, sendo que tempos atrás os maquinários eram diferentes e hoje é outra história, temos mais segurança e também é bem menos complicado.
    Hoje tenho a oportunidade de agradecer toda a direção da Marini Compensados e também meus colegas de trabalho: dizer a todos eles que pra mim é uma honra fazer parte desta indústria, tanto que espero continuar fazendo parte aqui dentro por longos e longos anos, pois aqui me sinto em casa. Meu obrigado, Marini Compensados!

Fonte: Jocemar Ferreira da Silva
para o Jornal Destaque Regional