VEREADOR DE PALMAS NÃO SUPORTA A PRESSÃO E RENUNCIA

0
101

Prestes a ser votada a cassação do vereador Ademar Santos Nunes, por suposta quebra de decoro parlamentar, o agora ex legislador apresentou na última segunda feira, 1º de junho o comunicado de Renúncia ao cargo. Ele havia sido eleito em 2016 pela média de votos do PRB (359). Informações dão conta de que a renúncia deu-se para que o legislador possa defender-se nos processos judiciais em que é réu. Tudo começou com a denúncia vinda do prefeito de Palmas, na qual Nunes teria pedido R$ 30 mil para votar no candidato que apoiasse o Poder Executivo, enquanto presidente da Câmara. Na época a situação causou enorme alvoroço na cidade, pois surgiram gravações, registros em cartório, além de provas testemunhais. O processo disciplinar correu lentamente no Legislativo, chegando a ser paralizado, até que foi recebida a determinação judicial para que se voltasse a debater o assunto, culminando no parecer que concluiu pelo pedido de cassação do mandato de vereador. Com a renúncia, deve ser empossada a empresária Leonice Gasperin, suplente de Nunes. Atualmente no Republicanos, Leonice obteve 272 votos nas eleições de 2016, na época pelo PRB.

Fonte: jornalista Rodrigo Kohl Ribeiro (DRT/MTB: 18933)

Deixe uma resposta

Please enter your comment!
Please enter your name here