“Peixe” Composição de São Paulo é campeã do Festival Pé Vermelho

0
122

A música “Peixe” do compositor de São Paulo (SP), Max Gonzaga, foi a grande vencedora da categoria Autorais do XXIV Festival Pé Vermelho da Canção de Palmas. O evento, de 6 a 8 de setembro, levou muita emoção e ótimas apresentações ao palco do Centro de Cultura Dom Agostinho José Sartori.

A categoria Infantil e Infanto-Juvenil, as quais representaram o Primeiro Palmas Kids foi a grande novidade deste ano. A Iniciativa deste modalidade é do Prefeito Dr. Kosmos que busca incentivar e descobrir novos talentos infantis em Palmas.

O encerramento contou ainda com as premiações dos vencedores das categorias de intérpretes do Infantil, Infanto-Juvenil e Adulto. A XXIV Festival Pé Vermelho da Canção, que distribuiu mais de R$ 40 mil em prêmios.

O Evento recebeu inscrição de vários estados do Brasil. As finalistas foram selecionadas pelo juri formado pelos especialistas Jean Emanuel Venâncio, Gustavo Pereira Malfatti, Juliane Bassegio e Luci Salete Bertolini Nazáro.

A Última noite do Festival Pé vermelho foi reservada para o Festival Nacional de Composição Autorais, e quem subiu ao palco encantou com a qualidade vocal e arranjos. Onde foram selecionadas 20 composições de 11 estados.

O Primeiro Lugar da Categoria Composição Nacional, ficou para o estado de São Paulo com a música “Peixe” do compositor Max Gongada que levou além da premiação em Troféu mais 4 mil em prêmio.

O segundo lugar ficou com Cicero Gonçalves, de São Paulo (SP), que se classificou com a Música “Rio Bonito”, como prêmio ele recebeu troféu e R$ 3,5 mil. No terceiro lugar com a composição “O Lavrador” do Grupo os Hozanas, levou troféu mais 3 mil em prêmios, quarto e quinto lugares ficaram com Claudio Chaves com a música “Marejar”, que recebeu troféu mais 2,5 mil em prêmios e quinto lugar Tiago Maci, que recebeu troféu mais 2 mil com a música “Chote dessa Moça”.

O Festival Pé Vermelho da Canção também garantiu premiações extras na edição deste ano. O troféu de Melhor Arranjo e R$ 2 mil foi para Alessandro Oliveira, de Mato Grosso, pela música “Acorda Brasil”. O troféu de Melhor Interprete e R$ 2 mil foi para Kluber com a música “Detox”.

O troféu de Melhor Poesia e R$ 2 mil foi para Dentinho Arueira com a música “Casa de Histórias”. Já o prêmio de R$ 2 mil, mais troféus, na categoria Aclamação Popular, definida com o voto do público, foi para o compositor Alessandro Oliveira, com a obra “Acorda Brasil”.
Fonte: https://pmp.pr.gov.br