População de Palmas espera há anos por melhorias em acessos da PR-449

0
12

Há quase 8 anos, gestões municipais dizem que a responsabilidade
é do DER, que diz que a obrigação é do município.

Usuários da PR-449, trabalhadores do parque industrial, moradores dos bairros Vila Operária e Alto da Glória, além da população de Palmas em geral, esperam há quase oito anos pela construção de um acesso pavimentado entre a rodovia e a rua José Joaquim Bahls. Já os trabalhadores e empresários do parque industrial, por sua vez, aguardam melhorias no acesso a área há, pelo menos, 30 anos.

Reclamações sobre a situação são recorrentes. O assunto por diversas vezes foi abordado pelo Departamento de Jornalismo da Rádio Club, diante da demanda de usuários da via, que pedem aos órgãos competentes soluções para os problemas.

Criado no final da década de 1980, o parque industrial de Palmas tem seu acesso principal na saída para a PR-449, nas proximidades da entrada para o bairro Alto da Glória. Pela forma com que a via de entrada e saída do parque foi construída, os motoristas precisam fazer “malabarismo” na direção, para poder acessar ou sair da área industrial.

Já a rua José Joaquim Bahls, principal ligação do bairro Alto da Glória ao centro da cidade, teve a pavimentação do trecho entre o Parque de Exposições e a PR-449 realizada em 2014, no governo de Hilário Andraschko, através de financiamento obtido pelo município junto à Caixa Econômica Federal.

Porém, a obra não foi concluída totalmente, pois um pequeno espaço entre a rua e a rodovia, não recebeu qualquer tipo de pavimentação, permanecendo a ligação de terra, pedras e buracos. Andraschko finalizou seu governo, em 2016, sem realizar pavimentação do trecho. Na época, justificava-se que a responsabilidade sobre o acesso era do DER (Departamento de Estradas de Rodagem).

A administração municipal seguinte, chefiada pelo prefeito Kosmos Nicolaou, que foi reeleito em 2020, até o momento também não tomou providências. O acesso continua da mesma forma, com a gestão apresentando a mesma justificativa, de que a obra seria de responsabilidade do governo do Estado.

Em agosto de 2020, em ofício encaminhado à Câmara de Vereadores, o DER informou que, por se tratar de um acesso à uma rua do município, a ligação deveria ser feita pela prefeitura. Em maio do ano passado, durante sessão do Poder Legislativo, o vice-prefeito Bruno Goldoni disse que o município planejava contratar uma empresa para elaborar um projeto para melhorias na PR-449, entre o trevo de acesso à Coronel Domingos Soares até o trevo da Tia Joana.

O projeto envolveria a construção de uma via marginal, melhorias nos acessos às empresas localizadas às margens da rodovia, construção de ciclovias, instalação de iluminação em led, construção de uma rotatória no acesso ao bairro Eldorado, construção de dois trevos de acesso ao parque industrial e melhorias na pavimentação. Até o momento, não houve atualizações sobre o assunto.

A PR-449 começou a receber melhorias terça-feira (18). Os serviços são conduzidos pela Dalba Engenharia. São previstas reformas dos trechos mais críticos da rodovia, com retirada do pavimento danificado e aplicação de uma nova camada asfáltica. Segundo os responsáveis pelo serviço, melhorias nos acessos tanto ao bairro Alto da Glória, como ao parque industrial, não estão no cronograma.

Fonte: Portal RBJ
por Guilherme Zimermann

Deixe uma resposta

Please enter your comment!
Please enter your name here