Ruas em péssimas condições em vários bairros em Palmas, quem solucionará esse problema?

0
269

Após o meio de comunicação Jornal Destaque Regional conceder espaço para população reivindicar seus direitos ou até mesmo fazer elogios, a população vem se manifestando fazendo denuncias sobre atual administração municipal de Palmas, essa semana varias pessoas se deslocaram até o jornal questionando vários problemas da nossa cidade, mas o que chamou mais atenção foi a questão das ruas em péssimas condições, moradores argumentaram para imprensa que estão indignados e que já estão fazendo até baixo assinado para levar as autoridades competentes para solucionar o problema que vem de promessas fantasiosas em épocas de campanha. Moradores do bairro serrinha reivindicam melhorias na rua das laranjeiras, rua está que segundo os moradores dizem que quando chove se torna uma rua de acesso perigoso e que não faz muitos dias uma Kombi de supermercado quase sofreu um acidente, e que foi por pouco que não capotou, houve alguns danos, mas o importante que ninguém se feriu. Já no bairro alto da glória uma rua não tanto problemática por ser apenas alguns metros de distância entre a estrada de chão e o asfalto, mas segundo eles moradores idosos pedem uma solução porquê não acham justa uma estrada de chão no qual já andaram se machucando “pois não temos mais tanta firmeza nas pernas e minha bengala resvalou e acabei machucando meu joelho e o cotovelo”, assim diz uma moradora idosa que acredita em seus direitos. No bairro klubegi não foi tão diferente quanto as outras situações, uma moradora do bairro tirou algumas fotos da rua e diz que também estão fazendo um abaixo assinado para os responsáveis tomarem providencias da questão, pois segundo eles, essa rua é intransitável com varias ondulações e pedras pontudas e que alguns meses atrás uma moradora se machucou quando saia de sua casa para ir trabalhar em uma loja no centro da cidade, mas infelizmente ficou dias em recuperação e o triste e lamentavelmente essa rua esta da mesma forma caótica e que nenhuma autoridade se manifesta para solucionar essa problemática, diz indignada a moradora.

Fonte: Jocemar Ferreira da Silva
Diretor Jornal Destaque Regional