Aceitação corporal, mulheres midsize, e toda a agressividade da violência da aparência no mundo midiático

0
6

Todos os dias as mulheres lutam contra balança em dietas mirabolantes, medidas extremas para ficarem cada vez mais dentro do “padrão” e serem aceitas pela sociedade, nada mais que um rotulo, imposto pela mídia desde que a sociedade surgiu ora, na era vitoriana por exemplo era moda passar arsênico no rosto para ter a aparência de pálida, dentre os espartilhos para afinar a cintura até as cirurgias plásticas muita coisa evoluiu para transformar as mulheres em seres artificiais feitos em serie, muito peio, muita bunda , sem barriga e sem cérebro.
O problema é quando a ditadura da beleza afeta as mulheres que já estão passando por situações criticas , como problemas com a autoestima, episódios de depressão, aonde essa imposição da sociedade pode se tornar uma sentença e aflorar mais problemas ainda a mulher
Não podemos apoiar esse tipo de ditadura, toda mulher é linda a sua maneira, sendo ela plusize , midsize, padrão , alta, baixa, com estria e celulite ou não.
Não devemos fortalecer esse comportamento , que se passar do nº 40 já não acha roupa com facilidade por que as lojas não vendem, ou de olhar uma roupa e achar que não vai ficar bem por que a manequim é magra e a pessoa não é, pessoas de verdade tem tamanhos variados , se fosse para ser tudo de um tamanho só não nos teriam feito com tantas diferenças e peculiaridades é isso que nos torna únicas no mundo.
Você não esta sozinha.

Carolina Valler Baldin
Ativista pelo direito das mulheres

Deixe uma resposta

Please enter your comment!
Please enter your name here