Ballet Clássico o sonho de Dançar na ponta dos Pés!

0
8
 O Ballet Clássico umas das modalidades mais antigas, criadas e desenvolvidas pela humanidade, surgiu nas cortes italianas, no início do século 16. Foi o termo italiano balletto (“dancinha”, “bailinho”) que deu origem à palavra francesa ballet. Na época, tratava-se de uma diversão muito apreciada pela nobreza. Foi a  admiração pela dança, que levou a princesa italiana Catarina de Médici (1519-1589) a introduzir o ballet em uma nova corte quando se casou com o rei da França Henrique II, então, que a modalidade passou a ser estudada e estruturada da forma como se dança até hoje.

   O sonho de muitas crianças é a tão sonhada sapatilha de ponta, porém,  é importante entender que ela não é um sapato comum, e que é necessário uma preparação física, muscular e técnica para se iniciar as aulas de Pontas.

Um dos fatores importantes é observar o alinhamento entre dedos, tornozelo e Joelho, altura da meia ponta, fortalecimento muscular e a aluna já deve ter uma base sólida dos movimentos do Ballet Clássico.

   A dança nas pontas dos pés é linda, mas deve ser levada com muita seriedade e responsabilidade, a utilização incorreta dela pode gerar sérios problemas físicos como: entorses, desvios posturais  e em caso mais graves até fratura.

No Sintonia do Corpo os alunos iniciam as aulas preparatórias técnica na turma do Básico I a partir de 8 anos, e podem iniciar a utilizar a sapatilha de ponta a partir de 12 anos, se já estiver cursando aulas de ballet a mais de dois anos  e estiver com a estrutura física muscular preparada para receber, não é via de regra, e cada aluno é observado e avaliado para que o Sonho seja realizado com saúde e muita alegria!

Fonte: Verônica Rigon Rocha

Deixe uma resposta

Please enter your comment!
Please enter your name here