CMDCA de Cel. Domingos Soares lança projeto contra o trabalho infantil

0
6

Apesar de o Brasil ser um dos países que assumiu junto à Organização Internacional do Trabalho – OIT – e à Organização das Nações Unidas – ONU, o compromisso de erradicar o trabalho infantil até o ano de 2025, ainda se tem muito a fazer para erradicar de vez tal prática em todo o Brasil, sendo responsabilidade de toda a sociedade, instituições governamentais e não governamentais, garantir o crescimento saudável de crianças e adolescentes.

Pensando nisso, o Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente de Coronel Domingos Soares lançou, no último dia 14, o projeto “Coronel Domingos Soares contra o Trabalho Infantil”, totalmente custeado com dinheiro do Fundo Municipal da Criança e do Adolescente, que atualmente conta com recursos oriundos do Estado do Paraná e doações de empresas e pessoas físicas.

Segundo a presidente do CMDCA, Neyva Janara Rocha de Carvalho, o projeto tem como objetivo a realização de palestras nas escolas sobre o tema “Trabalho Infantil” e, ao final, a premiação com tabletes alunos que realizarem os melhores desenhos e redações, bem como com notebooks as escolas que apresentarem o melhor projeto de abordagem sobre o tema.

Para a execução do Projeto, o CMDCA conta com a parceria da prefeitura, através do Departamento Municipal de Educação, que prontamente acolheu a ideia e abraçou a causa. “Não poderíamos deixar de apoiar e participar desse importante projeto. Quando se fala em direitos e proteção de crianças e adolescentes estamos falando de futuro, mas garantindo o presente”, disse a diretora de Educação, Daiana Neves de Oliveira.

Na cerimônia de lançamento, realizada na Câmara de Vereadores, a conselheira do CMDCA e idealizadora do projeto, Vanessa de Souza Matiello, explicou como será a premiação, os critérios e a avaliação. De acordo com ela serão duas categorias, redação e desenho. Na primeira concorrerão todos os alunos da educação básica de Coronel Domingos Soares, sendo o prêmio 01 tablet para a melhor redação do 3º ao 5º anos, 01 tablet para a melhor do 6º ao 9º ano, e 01 tablet para a melhor redação do Ensino Médio. Cada escola e colégio selecionará a melhor de cada turma e enviará para o Conselho até 09 de dezembro deste ano, juntamente com memorando contendo o nome da escola e a quantidade de trabalhos enviados. Na categoria desenho concorrerão também a 01 tablet a APAE, o CMEI e os 1º e 2º anos. Já as duas escolas que desenvolverem os melhores trabalhos de Práticas de combate ao trabalho infantil serão premiadas com 01 notebook cada. A seleção será feita por uma comissão, com participação de duas pedagogas do Departamento de Educação e dois membros do CMDCA.

De acordo com a primeira dama e assessora de gabinete, Cristiana Oliveira, todo projeto e ação que visem à garantia de direitos de crianças e adolescentes terão o apoio do governo municipal. “Nós apoiamos essa causa e nos comprometemos a lutar pela melhoria contínua da educação, pela promoção social, pelo direito à prática esportiva e ao lazer, pelo acesso à cultura, para que nossas crianças e nossos adolescentes tenham um presente e um futuro melhores”, ressalta.

“As crianças e adolescentes domingosoarenses merecem e têm o direito à proteção integral prevista em Lei, assim como à garantia de oportunidades, na certeza de que, estimulando a busca pelo conhecimento, proporcionaremos base para um futuro promissor”, finaliza a presidente do Conselho.

Fonte: Comunicação CDS

Deixe uma resposta

Please enter your comment!
Please enter your name here