Hipertensão causas mais frequentes

0
110

Autor: Acadêmico Alison Bonato

As causas da Hipertensão estão ligadas a inúmeros motivos, sendo que os mais comuns são decorrentes dos maus hábitos de alimentação, falta de atividades físicas regulares e o consumo abusivo de bebidas alcoólicas, gordura e sal. Os hábitos dos seres humanos de frequentemente se alimentar de forma incorreta, principalmente salgando os alimentos em excesso, além de conter na dieta comidas industrializadas como embutidos, colaboram para o desenvolvimento desta doença. Quem já tem predisposição a desenvolvê-la, com estes hábitos incorretos, ao se alimentar, e o sedentarismo (nível insignificante de atividades físicas no seu estilo de vida) favorecem, e muito, o aumento das chances de ter Hipertensão. Depois de instalada, se não tratada, ela traz consequências terríveis para a saúde, inclusive com risco de sofrer um acidente vascular cerebral (encefálico) ou um ataque cardíaco (infarto). A alta ingestão do sal durante as refeições, falta de alguma atividade física durante alguns dias da semana e o consumo de grande quantidade de bebidas alcoólicas, contribuem de forma direta no desenvolvimento da Hipertensão (PASSOS; ASSIS; BARRETO, 2006).
Para quem já possui Hipertensão, a falta de alteração nos hábitos ruins de vida e, o tabagismo, infelizmente ainda comum em algumas localidades, é algo muito prejudicial à saúde, trazendo complicações também a outros órgãos como rins e olhos.
A Hipertensão é uma doença muito grave que pode ter na sua origem também questões relacionadas a fatores genéticos, mas normalmente tem diversas causas associadas. Insônia, estresse nas relações pessoais, dificuldades financeiras podem estar contribuindo para o desenvolvimento dela.
Infelizmente, a maioria das pessoas não levam muito a sério, ou quem já possui a doença, depois de algum tempo acaba abandonando o tratamento achando que já estão curadas. A Hipertensão não tem cura, mas com bons hábitos diários, como caminhadas, corridas, ciclismo ou prática de qualquer tipo de atividade física aeróbica já é muito positivo para a saúde, ajudando de forma essencial no tratamento da doença. Por questão de segurança é sempre bom procurar um profissional na área de Educação Física no planejamento, acompanhamento e ajuste da intensidade das cargas nas atividades físicas prescritas. Além da realização correta dos exercícios físicos, como duração e técnica de execução. O primeiro passo a ser feito é responder esta pergunta: Sabes qual é sua Pressão Arterial atualmente? Então que tal buscar um médico especialista para fazer uma consulta de rotina e verificar se está tudo bem com sua saúde?

REFERÊNCIA:

PASSOS, V, M, A; ASSIS, T, D; BARRETO, S, M., Epidemiologia e Serviços de Saúde. V.15. n°1. Brasília, março 2006.

Trabalho desenvolvido na disciplina de Fisiologia do Exercício, do Curso de Ed. Física do IFPR – campus Palmas – docente Prof. Me. Aluísio Menin Mendes

Deixe uma resposta

Please enter your comment!
Please enter your name here