Industriais do Sudoeste do PR aguardam melhor cenário para o setor

0
11

A maioria aponta para quadro recessivo para a indústria regional em 2024, conforme sondagem pela FIEP

A Federação das Indústrias do Paraná (Fiep) divulgou nesta terça-feira o resultado da 28ª edição da Sondagem Industrial – pesquisa que avalia as expectativas do setor para o ano que se inicia.
A iniciativa pretende conhecer as intenções, dificuldades e desafios dos empresários para apoiá-los com medidas convergentes, de acordo com as prioridades sinalizadas no estudo.

Conforme os dados compilados pela Rádio Club de Palmas, na avaliação geral, 48% dos empresários do Sudoeste do Paraná, apontam para um pior cenário; 38% que permanecerá estável e apenas 14% apontam crescimento.

Entre as grandes empresários da região, as opiniões sobre as expectativas se dividem entre cenários favoráveis e desfavoráveis. Já os médios empresários seguem com perspectivas negativas em 47%. Outros 40% sinalizam para a estabilidade e 14% acreditam em crescimento.

No grupo dos pequenos empresários industriais a metade aponta para um quadro de retração e a outra parte se divide entre a estabilidade e o crescimento do setor.

Dentre os fatores que mais influenciam está a Política Nacional para 71%; a economia nacional é apontada por 19%. Outros 10% citam a situação geopolítica e a economia internacional como fatores determinantes.

Na avaliação do presidente da Fiep, Edson Vasconcelos, muitos industriais ainda analisam o cenário com certa cautela e mantêm expectativas neutras, mas a disposição para novos investimentos mostra que a indústria do Paraná pode seguir crescendo neste ano.

Avalia que o cenário pode ganhar em dinamismo a partir de ações efetivas em prol de políticas industriais nas esferas federal, estadual e municipal, que melhorem nosso ambiente produtivo e impulsionem a competitividade das empresas.

Fonte: Portal RBJ
por Ivan Cezar Fochzato