Marini Compensados Duas Décadas: A História contada pelos seus autores

0
194
O colaborador da indústria Marini Compensados conta um pouco de sua história para os leitores do jornal Destaque Regional.

Leandro Esquinca tem quarenta anos e trabalha há quatorze na Indústria de Compensados Marini. Ele conta que sempre trabalhou no setor da colagem e também fez muitas amizades ao longo desse tempo, considerando ter uma relação muito boa com seus colegas de trabalho. ‘’Aqui é minha segunda casa e minha segunda família.
Daqui dou suporte na minha casa e quando comecei na Marini eu tinha um filho com quatro anos e hoje ele tem dezoito”, afirma dizendo que provavelmente se não estivesse trabalhando na empresa, teria mais dificuldades de dar assistência em casa, “pois aqui sou valorizado pelo que faço e só tenho gratidão pela oportunidade”, destaca. Segundo o colaborador, hoje a indústria evoluiu muito e naquele tempo era bem complicado o setor de colagem, “hoje a qualidade da madeira facilita muito nosso trabalho e também os maquinários mais modernos, lembro que naquele tempo tínhamos que montar as chapas de compensados com bem mais dificuldades do que nos tempos de agora, mas hoje essa dinâmica é bem mais tranquila”, afirma. Para o colaborador, um fato que marcou muito foi quando completou dez anos na empresa, “me chamaram e me deram um presente, me gratificaram com um forno elétrico, isso nos dá motivo de se esforçar o máximo no setor que trabalho, é o mínimo que posso fazer pelo reconhecimento que os superiores têm pelos seus colaboradores, pois eles tratam aqui dentro todos iguais”, pondera.
E ele agradece: “quero aproveitar a oportunidade de agradecer aos diretores, pois quando eu sofri um acidente fora da empresa, assim mesmo eles me ampararam e deram suporte a mim e minha família em um momento um tanto complicado se preocuparam e me ajudaram naquela época. Só tenho que agradecer mesmo!”, alegra-se. Ele lembra também de um momento especial que vale destacar, “em que achei bem legal a atitude dos diretores com os funcionários, pois era final de ano e eles convidaram todos os colaboradores por setores, os quais quisessem ir na confraternização de final de ano em um restaurante e levar também sua família e isso foi um momento muito especial para mim e acredito também que foi para todos que participaram naquele momento. Parabéns aos diretores e à indústria pelos 20 anos de Marini. Espero continuar fazendo parte aqui dentro por muitos longos anos e o que precisar de mim estarei sempre à disposição”, finaliza.

Fonte: Jocemar Ferreira da Silva
para o Jornal Destaque Regional