Poder Judiciário devolve as credenciais de Nilson Ferraza

0
16

Em 2019, Nilson Ferraza, foi preso em sua residência localizada em Palmas, segundo ele comenta para o jornal Destaque Regional, o delegado na época prendeu suas credenciais de investigador particular, no qual Ferraza tem o diploma que comprova sua profissão. Suas credenciais foram retiradas porque, foi alegado naquele tempo, que ele estava trabalhando clandestinamente. Após dois anos o Poder Judiciário chamou Ferraza e devolveu as credenciais, ficando a entender que houve um equívoco no passado, no qual Ferraza diz indignadamente que na época do acontecido foi muito humilhado pela imprensa local e, que foi divulgado dizendo que ele era um detetive falso e que ele não podia atuar como investigador.

Ferraza diz que ele foi muito difamado na época e hoje ele comenta que o Poder Judiciário reconheceu que ele era um profissional e devolveu sua documentação, segundo ele diz: “Estou preparado para prestar serviços à sociedade, como sempre estive e que foi muito sofrido para obter esse diploma, e hoje quero agradecer ao Poder Judiciário por ter reconhecido o equívoco do delegado na época. Quero também dizer para a população que não é verdade o que falaram que eu não era investigador particular, sim, eu sou investigador profissional e posso prestar serviço para qualquer advogado e para qualquer cidadão palmense. Tem casos que exigem uma autorização do delegado, se o delegado não autorizar certo tipo de serviço, eu tenho que respeitar, mas graças a Deus estou voltando para minha profissão. Obrigado Poder Judiciário”. Finaliza Ferraza.

Fonte: Jocemar Ferreira da Silva
para o jornal Destaque Regional

Deixe uma resposta

Please enter your comment!
Please enter your name here