VIOLÊNCIA ESTATAL O ATENDIMENTO NAS DELEGACIAS DE DEFESA DA MULHER

0
13

Senhores Leitores , sabe-se que o Brasil lidera em casos de violência contra a mulher e isso é um dado alarmante, a maioria das queixas prestadas refere-se ao medo de pedir socorro e chamar a polícia pelo fato de serem mal vistas pelos agentes ou mesmo negligenciadas, muitas mulheres relatam inclusive que o atendimento prestado por agentes de segurança pública não lhes transmitiu segurança , algumas relatam desdém ou até mesmo excesso de perguntas , em tons de deboche, causando desconforto as mesmas em uma situação de extrema vulnerabilidade, nota-se que em alguns casos o despreparo dos agentes de segurança ainda é algo preocupante, em algumas cidades não temos sequer delegacias da mulher ou mesmo, uma política pública que realmente funcione, que realmente preze por essas vítimas, todos os anos o governo tanto a nível federal, quanto estadual, investem em cursos preparatórios, para que o serviço seja prestado com mais humanidade possível, então qual o motivo de tantas mulheres terem dificuldade de registrar queixas contra seus agressores? A resposta é clara , e em cidades pequenas é muito comum , a cultura, muitas pessoas num geral acreditam que roupa suja se lava em casa, e muitos agentes de segurança levam esse ditado torto pra vida, achando que a vítima esta na maioria das vezes fazendo “drama” “exagerando”, alguns por que sim, replicam o comportamento agressivo em casa devido a “autoridade” que possui, isso quando não conhecem o agressor e “passam o pano” para o ajudar. Por isso senhores leitores é tão impressionável o atendimento humanizado em setores públicos, hoje pode ser uma vítima desconhecida, amanha pode ser uma filha, uma vizinha, uma irmã, e ai? Gostaria que fosse tratada com desdem? Deboche? Reflitam.
Você Mulher que passa por qualquer situação de agressão não se cale
DENUNCIE.