DIÁRIAS NO PODER EXECUTIVO MUNICIPAL NECESSÁRIAS OU FARRAS? VOCÊ DECIDE!

0
269

A matéria da RBJ. em seu portal no dia 27 de novembro de 2017 sobre as diárias gastas pelos gestores públicos de Palmas que esse seu leitor aqui teve acesso como milhares de outros a tiveram me deixou com algumas indagações pelas diferenças gritantes que os mesmos departamentos da prefeitura municipal gastaram de um ano para o outro, ou seja, em um pequeno período de um ano por exemplo o gabinete do prefeito que governou até o ano passado gastou R$ 27.201,00. Já o prefeito atual R$ 47.810,00 uma diferença de mais de 20 mil e vejam só o departamento jurídico que o ano passado gastou somente R$ 1.005,00 reais passou a gastar mais de 20 vezes nesse ano, ou seja, R$ 21.920,00 é grande e abismal a diferença e assim continuando vemos também que o departamento de finanças que tinha gastado somente R$ 440,00 esse ano deu um salto para R$ 4.142,00 quase dez vezes mais o de Infraestrutura que o ano passado gastou R$ 863,00, esse ano foi longe também com R$ 9.090,00 também gastando mais de dez vezes e vamos ao da Ind. E Com. que de R$ 1.738,00 o ano passado passou a ter gastos chegando a R$ 22.770,00 ou seja 14 vezes a mais os departamentos de Educação e Cultura e Esporte e o Departamento de Saúde e o da Ação Social esses sabemos que precisam de bastante recursos em diárias e as variações podem ser sim consideradas, embora foi grande a da Educação e Cultura que saiu do ano passado de R$ 51.734,00 para R$ 121.668,00 esse ano mas os outros departamentos acima citados devem ser no mínimo contestados e contestar não é acusar e sim tentar tirar dúvidas que são do interesse popular, ainda mais diante do que se viu de diferenças espetaculares de um ano para outro onde departamentos que nada gastaram de um momento para outro resolveram gastar somas significantes que na verdade são recursos do povo que tem sim direito de saber como seu dinheiro é gastado. E comparando todos os valores gastos entre todos os departamentos de um ano para o outro no frigir dos ovos foi o seguinte no ano passado os gestores que deixaram a administração do município gastaram o valor de R$ 214.0OO,OO já a administração que governa os nossos recursos atualmente gastou no mesmo período de tempo mais que o dobro ou seja R$. 437.000,00 em diárias valor no meu ponto de vista muito salgado para ser aceitado sem contestação algo que volto a repetir contestar não é acusar ou mesmo suspeitar, mas sim, simplesmente questão de querer entender esses fatos que tiveram até podemos afirmar sem medo de errar modificações muito drásticas em um curto período de um ano. Me atrevo a deixar uma sugestão quem sabe se o ano que vem os nobres gestores fizerem um sacrifício e voltarem aos patamares das diárias do ano passado e é claro talvez com um aumento de mais uns 20 % para compensar a inflação e assim mesmo teríamos uma economia de R$ 180.000,00 o qual com ela deveria ser criado um fundo emergencial para quem sabe fazermos algumas casinhas populares para atender pessoas que sofrem com incêndios e outras tragédias inesperadas como tem acontecido infelizmente em nossa cidade que precisam de ação imediata do poder público que por muitas vezes não esta preparado para enfrentar esses dramas por não ter recursos disponibilizados por lei, ainda para enfrentar essas situações de calamidade que requerem ações imediatas.